Liturgia Diária


Liturgia do dia 26 de Novembro de 2014 [Clique nas leituras]

Eu, João, vi no céu outro sinal maravilhoso e surpreendente: sete anjos eram portadores dos sete últimos flagelos porque neles se cumpria a ira de Deus.
Vi ainda uma espécie de mar de vidro misturado com fogo. Os que tinham vencido a Besta, a estátua da Besta e o número correspondente ao nome da Besta estavam junto do mar de vidro com as harpas que Deus lhes tinha dado.
E cantavam o Cântico de Moisés, servo do Senhor, e o cântico do Cordeiro, aclamando: «Grandes e admiráveis são as tuas obras, Senhor Deus todo-poderoso! Justos e verdadeiros são os teus caminhos, ó Rei das nações!
Senhor, quem não reverenciará o teu nome? Quem não lhe dará glória? Porque só Tu és santo! Todas as nações virão prostrar-se diante de Ti, pois as tuas justas sentenças foram promulgadas!»

Cantai ao Senhor um cântico novo,
pelas maravilhas que Ele operou.
A sua mão e o seu santo braço
Lhe deram a vitória.
O Senhor deu a conhecer a salvação,
revelou aos olhos das nações a sua justiça.
Recordou-Se da sua bondade e fidelidade
em favor da casa de Israel.
Os confins da terra puderam ver
a salvação do nosso Deus.
Ressoe o mar e tudo o que ele encerra,
a terra inteira e tudo o que nele habita,
aplaudam os rios
e as montanhas exultem de alegria.
Diante do Senhor que vem,
que vem julgar a terra.
Ele governará o mundo com justiça
e os povos com rectidão.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: « Deitar-vos-ão as mãos e hão-de perseguir-vos, entregando-vos às sinagogas e metendo-vos nas prisões; hão-de conduzir-vos à presença de reis e governadores, por causa do meu nome.
Assim, tereis ocasião de dar testemunho.
Gravai, pois, no vosso coração, que não vos deveis preocupar com a vossa defesa,
porque Eu próprio vos darei palavras de sabedoria, a que não poderão resistir ou contradizer os vossos adversários.
Sereis entregues até pelos pais, irmãos, parentes e amigos. Hão-de causar a morte a alguns de vós
e sereis odiados por todos, por causa do meu nome.
Mas não se perderá um só cabelo da vossa cabeça.
Pela vossa constância é que sereis salvos.»

Exorto-vos a que persevereis fortes e constantes na confissão da glória celeste e […] sigais com energia espiritual até receber a coroa, tendo como protector e guia o Senhor que disse: «Estou convosco todos os dias até ao fim do mundo» (Mt 28,20). […] Feliz cárcere, que leva ao céu os homens de Deus! […] Nada mais ocupe agora os vossos corações e os vossos espíritos senão os preceitos divinos e os mandamentos celestes, por meio dos quais sempre o Espírito Santo vos animou a suportar os tormentos. Ninguém pense na morte, mas na imortalidade; nem no suplício transitório, mas na glória eterna, pois está escrito: «É preciosa aos olhos do Senhor a morte dos seus fiéis» (Sl 115,15). […] E, noutro passo, a Sagrada Escritura fala dos tormentos que consagram os mártires de Deus e os santificam pela prova do sofrimento: «Embora tenham suportado tormentos perante os homens, a sua esperança está cheia de imortalidade. Julgarão as nações e dominarão os povos e o Senhor reinará sobre eles para sempre» (Sab 3,4.8). E assim, quando pensais que haveis de julgar e reinar com Cristo Senhor, deveis exultar com a alegria dos bens futuros, calcando aos pés os suplícios presentes. […] O mesmo Senhor Se propôs como exemplo, ao ensinar que não podiam entrar no Reino senão os que O tivessem seguido pelo seu caminho, dizendo: «Aquele que ama a sua vida neste mundo perdê-la-á; e aquele que odeia a sua vida neste mundo conservá-la-á para a vida eterna» (Jo, 12,25). […] Também o apóstolo Paulo nos exorta a que, se desejamos alcançar as promessas do Senhor, devemos imitá-Lo em tudo: «Nós somos filhos de Deus; e, se somos filhos, também somos herdeiros de Deus com Cristo; se tivermos sofrido com Ele, também com Ele seremos glorificados» (Rom 8,16ss.).

Curta o MJ-ES no Facebook!
Contador de visitas
  • 68826Total de visitas:
  • 15Visitas hoje:
  • 1703Visitas por mês:
  • 1Visitantes online: